Trajetória da ADJ é tema de exposição no Museu Histórico

 “ADJ: A Trajetória de uma Paixão”. Este é o tema da mais nova exposição realizada no Museu Histórico João Carlos Borges, que vai mostrar, de 17 de agosto a 30 de setembro, um pouco da história da Associação Desportiva Jequié, que nasceu da seleção amadora da cidade no fim da década de 1960 e hoje faz parte da elite do futebol da Bahia. O assunto foi abordado pelo museólogo Antônio Varjão Matos em entrevista concedida ao radialista Souza Andrade (Jequié FM 89,7) nesta quinta-feira (09AGO18), da qual também participou Charles Meira, importante colaborador voluntário na realização do evento, nascida de uma parceria que envolve a Secretária de Cultura e Turismo Municipal, o Museu além da ADJ. A curadoria fica por conta de Varjão e Charles Meira.

“A ideia era apresentar mais da história do clube, mas encontramos dificuldades de encontrar peças importantes que contam a trajetória do time, mas as pessoas que comparecerem vão gostar muito do que será apresentado”, relatou Varjão. Charles Meira disse que a exposição é um resgate da história do Jequié que chegou a ser campeão baiano juvenil com Paulo Sales e outros valorosos jogadores da década de 70.

Souza Andrade, Antônio Varjão e Charles Meira