JEQUIÉ: Instalação de Ecopontos pode ser a solução para coibir descarte de entulhos de pequenas reformas

A cidade é vítima de todo tipo de agressão. Diariamente, entulhos gerados por construções, demolições e pequenas reformas em prédios ou residências são lançados em pontos diferentes, de maneira ilegal, causando sérios problemas ambientais e transtornos para a população. Em Jequié, essa prática é corriqueira e os poderes públicos pouco ou nada fazem para combater este tipo de crime. Do bairro São Judas Tadeu, foi enviado, neste sábado (15dez18), a este Blog jequieeregiao.com.br imagens que evidenciam a falta de espirito público de quem joga e de quem poderia criar alternativas para coibir tais cenas. Atuações, que não exigem grandes investimentos, podem solucionar o problema como já acontece em cidades que criaram Ecopontos como Aracaju, Fortaleza e São Paulo capital e interior. Nessas localidades, soluções para questões ambientais importantes estão avançadas.

Restos de obras descartados ilegalmente em via pública no São Judas Tadeu

A criação de áreas, bem estruturadas, para receber regularmente os resíduos da construção e demolição de pequenas obras pode ser a solução. A Prefeitura deve instalar Ecopontos – locais de entrega voluntária de pequenos volumes de entulho (podendo estipular a quantidade em m³), grandes objetos (móveis, poda de árvores etc.) e resíduos recicláveis (geladeiras, máquinas de lavar, sofás, computadores). Os Ecopontos podem ser instalados em várias regiões como: Joaquim Romão, Cidade Nova, Jequiezinho, São Judas, Mandacaru, entre outros. A prefeitura, com o apoio da imprensa, pode popularizar a ideia.

Historicamente, a população é acusada de irresponsável por jogar pequenas quantidades de entulhos, galhos de árvores, etc. em terrenos ou até vias públicas, porém, muitas vezes isto ocorre por falta de um local adequado de descarte desses materiais. Enquanto, alertamos que não deve ser descartado lixo, entulhos, descartes de podas e outros materiais nas margens de rios, encostas, corredores de água pluvial, por exemplo, para evitar maiores danos ambientais. Todo esforça manter a cidade limpa e bem cuidada é louvável.
Clique no vídeo abaixo e assista como funciona o Ecoponto em Aracaju/Sergipe.