Prefeitos da Bahia entram a luta pela prorrogação de seus mandatos até 2022 para unificação das eleições no Brasil

Mais de 200 prefeitos baianos, entre eles o de Jequié, Sérgio da Gameleira, decidiram entrar a luta pela prorrogação de seus mandatos até 2022 com a justificativa de apoiar o projeto que tramita no Congresso Nacional para unificação das eleições no Brasil. A manifestação em favor do mandato de 6 anos ocorreu durante Assembleia Geral Extraordinária da União das Prefeituras da Bahia (UPB), realizada nesta quarta-feira (22mai19). O presidente da UPB, Eures Ribeiro, disse que o debate está ocorrendo em todos os estados, com as entidades municipalistas, para ser levado à Brasília. A Assembleia serviu também para discutir outros assuntos como os repasses atrasados da saúde e da assistência social e os royalties do petróleo no Estado.

Sérgio da Gameleira na Assembleia da UPB.