Emoção marca entrega da “Comenda Dr. Cely de Freitas – Cidade de Jequié” ao desembargador Sérgio Cafezeiro

O desembargador jequieense, Sérgio Cafezeiro, foi homenageado pela Câmara Municipal de Jequié nesta quinta-feira, dia 23, com a outorga da “Comenda Dr. Cely de Freitas – Cidade de Jequié”, cuja autoria da propositura foi dos vereadores Ramon Fernandes e Joaquim Caíres. A Sessão Solene, conduzida pelo presidente Emanuel Campos Silva – Tinho, foi bastante representativa, com a presença dos desembargadores Ilona Márcia Reis e Jatahy Fonseca Jr.; prefeito Sérgio da Gameleira; vice-prefeito Hassan Iossef; deputado Euclides Fernandes; juízes, representantes de órgãos públicos e de entidades, dentre outros. Familiares e amigos como seu antigo sócio, o advogado Arivaldo Nascimento, também prestigiaram o evento. Coube ao vereador Ramon Fernandes fazer a saudação inicial, tendo destacando o espirito público e a retidão do homenageado. “Um jurista com grande potencial intelectual, um magistrado que soube se conduzir ao longo da sua vitoriosa carreira, com retidão, competência e amor à justiça”, frisou. Em seguida, o vereador Joaquim Caíres destacou: “Quem ver o desembargador Raimundo Sérgio Cafezeiro no Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, presidente da 5ª Câmara Cível, talvez não saiba que este caminho foi pavimentado antes mesmo de se tornar esse advogado respeitado e admirado por todos; a base de tudo é sua família”, citando seus pais Raimundo e Dona Déa Cafezeiro, vivos na memória de todos que tiveram o prazer de conhecê-los.

Outros depoimentos também marcaram a Sessão Solene. Falaram o advogado Arivaldo Nascimento, os desembargadores Ilona Márcia Reis e Jatahy Jr. e foram exibidos vídeos de uma servidora do Tribunal de Justiça da Bahia e de sua esposa Tatiana ladeada das três filhas: Juliana, Jéssica e Gisele. De posse da condecoração, Sérgio Cafezeiro, demonstrou sua gratidão aos vereadores pela iniciativa, aos que participaram do evento e à Jequié, sua terra natal.

No encerramento da solenidade, o presidente da Câmara fez o conterrâneo se emocionar mais uma vez ao dizer: “Que Vossa Excelência leve este Tributo para sempre no seu coração, porque este momento permanecerá guardado conosco pela justiça que o Poder Legislativo fez em reconhecer o valor que Vossa Excelência tem para todos nós. Conserve também, em um lugar muito especial, toda nossa admiração e respeito e o desejo de que Vossa Excelência realize todos os seus sonhos. Felicidades, desembargador!” Ascom Câmara de Jequié.