Varas Federais na Bahia, como a de Jequié, estão com volume processual superior a 220% da capacidade de trabalho

Algumas Varas Federais do interior da Bahia, tal como Paulo Afonso, Guanambi, Alagoinhas e Jequié, estão com volume processual que chega a ultrapassar o assustador índice de 220% da capacidade de trabalho, de acordo com estudo técnico do Conselho Nacional de Justiça, que detectou a situação, por dados estatísticos, informa A TARDE. A questão será discutida no âmbito do debate sobre a reestruturação da Justiça Federal na Bahia e a criação do Tribunal Regional Federal da 8ª Região em pauta no momento.

Inclusive, na sexta-feira (16ago19), às 09 horas, na sala da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa da Bahia, haverá uma Audiência pública para tratar de tema. Ainda de acordo com o jornal, apenas a título ilustrativo, existem Varas em Salvador com menos de 2.000 processos, enquanto temos Varas no interior com mais de 15 mil processos.

Em razão desse estudo, foi criada uma Comissão de Magistrados, no âmbito da Seção Judiciária da Bahia, com a finalidade de trazer propostas visando solucionar tal problema.

Imagem: Souza Andrade