Aulas nas escolas do município de Jequié vão terminar somente em janeiro

A comissão que discute a elaboração do Calendário Letivo esteve reunida para discutir a reposição dos dias da greve dos professores municipais. O encontro foi realizado na Secretaria de Educação, na quarta-feira (11set19), fazendo parte do cumprimento de acordo firmado entre a APLB Sindicato de Jequié e a Gestão Sérgio da Gameleira. De acordo informações da APLB, foram acrescentados onze dias de reposição no Calendário Padrão da Educação Municipal de Jequié. Com isso, o término dos dias letivos de 2019 será em 10 de janeiro de 2020, porém, existem outros sete calendários letivos na educação municipal que têm como término diferentes datas. Compareceram a esta reunião representantes da Secretaria Municipal de Educação; Conselhos de Educação, do Fundeb e da Alimentação Escolar e APLB – Sindicato de Jequié.

Os representantes do Sindicato enfatizaram que a gestão municipal precisa colocar em prática a sua parte no acordo firmado em reunião no dia 03, que é de cumprir a decisão judicial em restabelecer de imediato a gratificação da regência ou valorização do magistério para os professores municipais.

Na terça, a APLB encaminhou ao prefeito de Jequié um documento em que solicita o processamento de uma folha suplementar para o pagamento de imediato da gratificação Regência ou Valorização do Magistério aos professores municipais.