“Velas Culturais” deveriam servir entidades sem fins lucrativos que não dispõem de sede-própria

A deplorável situação em que se encontra o imóvel que, por anos, abrigou o projeto “Velas Culturais” nas imediações do Terminal Rodoviário de Jequié, no bairro Joaquim Romão, continua sendo notícia negativa. O espaço, totalmente abandonado, serve apenas para denegrir a imagem da cidade que já sofre consequências terríveis de outras mazelas importantes. Moradores próximos criticam a falta de imaginação da gestão pública e cobram alternativas para o bom aproveitamento da construção. Uma das propostas é o aproveitamento do espaço por entidades sem fins lucrativas que sequer dispõem de sede para seu funcionamento.

Fotos: Dell Santos